Inicio > Mundo marista > Brasil: Província Brasil Centro-Norte atua na proteção integral de crianças e adolescentes na Copa 2014

Sínodo sobre los jóvenes

 


 



 


Conectarse

Hermanos maristas

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Foto de hoy

Australia: Pastoral Juvenil Marista de Melbourne

Hermanos maristas - Archivo de fotos

Archivo de fotos

 

Últimas novedades

 


Llamadas del XXII Capítulo General



FMSI


Archivo de novedades

 

Calendario marista

21 octubre

Santos: Úrsula, Hilarión, Aquilino

Calendario marista - octubre

Província Brasil Centro-Norte atua na proteção integral de crianças e adolescentes na Copa 2014

 

Archivo: 2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004

13/06/2014: Brasil

 

copa-marista_post_institucionalEm campo pelos direitos das crianças e dos adolescentes, a Província Marista Brasil Centro-Norte (PMBCN) dá o pontapé nas ações de proteção integral contra os casos de violação de direitos durante a Copa do Mundo FIFA 2014, realizada em doze cidades do Brasil, de 12 de junho a 13 de julho. Para isso, aderiu à agenda de convergência nacional Proteja Brasil,coordenada pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, com representação de órgãos do governo e da sociedade civil.

A partir da agência de convergência nacional, toda uma rede de proteção integrada atuará no Mundial nas unidades de federação nas situações de violação de direitos que possam ocorrer contra crianças e adolescentes. “Mapeamos os casos e desenhamos o fluxo de ações para incidir durante o megaevento”, explica o colaborador do Instituto Marista de Assistência Social (IMAS), Clemilson Silva, também presidente do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA/DF), onde atua como representante da mantenedora União Norte Brasileira de Educação e Cultura (UNBEC).

De acordo com Silva, que integra o Comitê de Proteção Integral do DF, como ação efetiva durante a Copa, na Fifa Fan Fest – local de entretenimento aberto ao público com transmissão de jogos e shows artísticos – e nos perímetros dos estádios, representantes do Comitê de Proteção do DF vão trabalhar em estandes em esquema de plantão. “É um espaço alternativo onde teremos diversas secretarias de estado e conselhos de direitos atuando para receber e encaminhar os casos de denúncias de violação de direitos contra crianças e adolescentes”, elucida Silva. As atividades também contam com a presença das colaboradoras da PMBCN Joseane Barbosa do IMAS, Mirtes Santos do Instituto Marista de Solidariedade (IMS) e a assistente social da Gerência Social, Nayara Gonçalves.

Segundo Clemilson Silva, o governo do DF montou uma estrutura de monitoramento eletrônico com 3,6 mil câmeras espalhadas em vários pontos da cidade. “Caso algum direito seja violado no grande evento o sistema aciona a rede de proteção”, afirma o colaborador. O Comitê de Proteção Local do DF é coordenado pela Casa Civil e Secretaria da Criança.

A adesão da Província à agenda de convergência nacional Proteja Brasil resultou em outra importante ação antes dos jogos da Copa do Mundo. Por meio do IMAS, foi realizado o Dia D, criado para mobilizar a comunidade sobre formas de prevenir à violência e violação de direitos contra crianças e adolescentes.

Na ocasião do evento, realizado em 06 de junho, no Colégio Marista Champagnat de Taguatinga (DF) e em pontos da cidade, que é também sede da Fifa Fan Fest, foi divulgado o Disque 100. Trata-se de serviço de atendimento telefônico gratuito, que funciona 24 horas por dia, nos sete dias da semana. As denúncias recebidas são analisadas, tratadas e encaminhadas aos órgãos responsáveis. “Que a gente brinque, faça festa, mas que tenhamos a atenção redobrada às crianças e aos adolescentes prevenindo a violação de direitos contra elas”, ratifica Clemilson Silva.

Campanha Marista

Em sintonia com a promoção, garantia e defesa dos direitos de crianças e adolescentes durante o mundial, a Gerência de Marketing e Inteligência de Mercado da Província em parceria com o IMAS criaram a Campanha Copa do Mundo, com o tema “Marista na torcida pelo Brasil – Em campo pelos direitos das crianças e dos  adolescentes”. Para a divulgação da ação nas unidades educacionais e sociais, foram criadas peças específicas: camisetas, adesivos para carros, banners, peças para as redes sociais como o Facebook, e um calendário com as datas dos jogos. “O diálogo vislumbrou a proteção integral, já que não temos apenas um tipo de violação”, esclarece Clemilson Silva.

Conscientização                    

União Marista do Brasil (UMBRASIL) também está à frente das ações de proteção integral contra os casos de violação de direitos de crianças e adolescentes na Copa do Mundo Fifa 2014. A instituição aderiu à agenda de convergência Proteja Brasil e integra a Comissão Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra crianças, adolescentes e jovens.

A UMBRASIL encaminhou a todas as Províncias do Brasil Marista (Centro-Norte, Centro Sul e Rio Grande de Sul) uma carta com recomendações e orientações sobre casos de violação de direitos, que contemplam casos, como por exemplo, de violências físicas e psicológicas em ambientes públicos e privados e o deslocamento de crianças, adolescentes e jovens para lugares desconhecidos, sem o consentimento dos pais ou responsável.

Está disponível para download o aplicativo para celular “Proteja Brasil”, que pode ser baixado pelo site:http://www.protejabrasil.com.br/br/. Nele é possível localizar de maneira rápida os serviços de proteção mais próximos.

1611 visitas