Home > Marist World > Brazil: Ir. Seán Sammon traz os desafios e recompensas da vida religiosa em Encontro

 


Wherever you go

Rule of Life of the Marist Brothers


 



 


Social networking

Marist Brothers

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Today's picture

Bolivia: Prayer for peace in the country at the Cochabamba Novitiate

Marist Brothers - Archive of pictures

Archive of pictures

 

Latest updates

 


Calls of the XXII General Chapter



FMSI


Archive of updates

 

Marist Calendar

16 November

Saint Margaret of Scotland
International Day of Tolerance (UN)

Marist Calendar - November

Ir. Seán Sammon traz os desafios e recompensas da vida religiosa em Encontro

 

Archive: 2019 | 2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005 | 2004

14/11/2016: Brazil

 

cc49a3d7-cf4b-493c-8121-9ecbd4747502O Encontro Marista para Irmãos de Meia Idade promovido pela UMBRASIL visa a fortalecer a identidade e a pertença dos Irmãos, levando em consideração suas vidas e testemunhos para a Missão Evangelizadora na Instituição e na Igreja.

Durante sua fala, Ir. Seán Sammon, ex-Superior Geral do Instituto Marista, trouxe para o público reflexões sobre como o indivíduo que atinge a fase da meia idade analisa sua própria caminhada. “Todos se perguntam: para onde eu estou indo na vida? Como estou usando (ou desperdiçando) meus dons e talentos vivendo (ou traindo) meus sonhos? Pois eu digo a vocês que a meia idade é potencialmente o melhor capítulo da vida”, ponderou. Exemplificando por meio de suas próprias experiências, disse ainda que os indivíduos que ingressam na fase da meia idade – dentro e fora da vida religiosa – atravessam os chamados tempos de estabilidade e tempos de transição. “Tempos de estabilidade são aqueles nos quais nossos olhos estão voltados para o futuro. Já os tempos de transição constituem um processo psicológico onde o indivíduo muitas vezes se sente perdido, mas é nesse momento que ele deve reconhecer que isso faz parte da vida adulta e assim terá a melhor chance de ser criativo e de se reinventar”, acrescentou.

Na sequência, a psicóloga Patrícia Costa analisou o significado do termo amadurecimento humano sob a perspectiva da psicanálise. Ela coloca que trata-se do trânsito delicado e sutil entre o subjetivo (mundo pessoal) e o objetivo (realidade compartilhada). “É a capacidade de identificar-se com o outro, implicar-se, em relação com o mundo de forma efetiva e transformadora, sempre contando com um ambiente facilitador”. Para a palestrante, as pessoas maduras alcançam o reconhecimento de si como responsáveis pelo que fazem, e se beneficiam disso de forma criativa, o que conceituou como reparação.

Para o Irmão Natalino Guilherme de Souza, Coordenador da área de Vida Consagrada e Laicato da UMBRASIL, esta foi uma grande oportunidade para os irmãos na etapa da meia idade resignificarem sua vida e sua vocação e, ao mesmo tempo, encontrarem a pessoa que Deus sempre conheceu e amou, que é cada um mesmo. O Encontro foi realizado no Sítio Santo Agostinho (Rio de Janeiro), de 21 a 25 de setembro de 2016.

 

3dd2ede4-1f5d-44b6-92ed-710b44e471963f8cabfa-1423-40f4-9983-b193a2efa1ec8e932062-85b0-4cd2-822d-99327ff83a6e0c45a36f-5da7-4f45-ba88-a4f8a01b75259422f9f3-4807-48b7-9285-0f9a43b1e6e46ed92b31-562d-4f0f-94f6-cbed7348ff32

685 visits