Inicio > Biblioteca > Libros recibidos > Irene Elias Simões • Angelo Alberto Diniz Ricordi José André de Azevedo (Coordenadores)

 

 


 



 


Ernesto Sánchez, Superior general

El nuevo comienzo ya ha comenzado
H. Ernesto Sánchez, Superior general



 

FMSI

Conectarse

Hermanos maristas

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Foto de hoy

Madagascar: Escuela secundaria St Joseph, Antsirabe

Hermanos maristas - Archivo de fotos

Archivo de fotos

 

Últimas novedades

Archivo de novedades

 

Calendario marista

14 diciembre

Santos: Juan de la Cruz, Isidro, Abundio

Calendario marista - diciembre

A Misericórdia e os Maristas de Champagnat

 

A Misericórdia e os Maristas de Champagnat
Autor: Irene Elias Simões • Angelo Alberto Diniz Ricordi José André de Azevedo (Coordenadores)

Archivos: 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007 | 2006 | 2005

Brasil - Curitiba - 2015

A obra busca retratar “a história da nossa espiritualidade, marcada por paixão e misericórdia: paixão por Deus e misericórdia pelas pessoas”, cf. doc. “Água da Rocha, 1”. Nossa espiritualidade é fruto de um projeto de Igreja e é nele que se inscreve o projeto marista de uma Igreja de Rosto Mariano na mais autêntica recepção do Concílio Vaticano II: uma Igreja serva e mãe. E, sem dúvida, projeto de Igreja deveras preconizado pelo Papa Francisco. Todos somos chamados a viver o Ano Jubilar da Misericórdia / 2016 rumo ao encontro com Jesus, o rosto da Misericórdia do Pai. “Há momentos em que somos chamados, de maneira ainda mais intensa, a fixar o olhar na misericórdia para nos tornarmos nós mesmos sinal eficaz do agir do Pai”, cf. Papa Francisco, in Misericordiae Vultus, 3. Esse é também o kairós dos Maristas de Champagnat, que caminham com Maria a um “Novo Começo” – os 200 ANOS de FUNDAÇÃO do Instituto Marista (1817-2017). A obra traz em seu interior a Bula “Misericordiae Vultus”, alusiva à proclamação do jubileu extraordinário da misericórdia; a seguir apresenta uma chave de leitura do documento. Na sequência, “A Misericórdia na tradição Marista”; “A Misericórdia em Marcelino Champagnat”; “A Misericórdia nas Cartas de Marcelino Champagnat e, por fim, “A Misericórdia em alguns documentos Maristas”.

Bajar PDF - 2 MB