Inicio > Biblioteca > Circulares > H. Marcellin Champagnat - 13/01/1839

 


 


 



 


Emili Turú - La Valla: casa de la luz

Emili Turú
Superior general



 

FMSI

Conectarse

Hermanos maristas

RSS YouTube FaceBook Twitter

 

Foto de hoy

Francia: Comisión europea Hermanos Hoy, Paris

Hermanos maristas - Archivo de fotos

Archivo de fotos

 

Últimas novedades

Archivo de novedades

 

Calendario marista

27 mayo

Santos: Agustín de Cantorbery y Cirilo.

Calendario marista - mayo

Carta de Marcelino - 238

 

H. Marcellin Champagnat
13/01/1839 - Vol. I, n. 15
Circular 15



En otras lenguas
English  Español  Français  

A partir de 1836, o Fundador tomou o costume de mandar aos Irmãos uma Circular, no princípio de cada ano civil.
Depois de litografada, a Circular era encaminhada às escolas e, como se vê no P.S. desta, uma mensagem era acrescentada em caráter individual ou comunitário.

J.M.J.
Meus caríssimos Irmãos,
Experimento grande satisfação em derramar em seus corações a afeição de que está repleto o meu. Desejo com toda sinceridade que as graças do Senhor se derramem sempre com nova abundância sobre cada um de vocês. Agradeço o carinho de que dão mostras para comigo. Como quisera neste momento fazer-lhes sentir toda a força de minha mais do que justa gratidão!
O que vocês exprimem não é aquilo que a gente em geral procura em tais circunstâncias expandir, num fluxo de palavras vazias de sentido. São antes benefícios de uma categoria bem superior. Quanta coisa temos recebido na Sociedade de Maria! Sem perder de vista o passado, vejamos se já não recebemos o cêntuplo que nos é prometido. Portanto, de que sentimentos de gratidão deveremos nós andar repassados!
Quem poderia depois de Maria expressar melhor tudo o que estamos sentindo? Não é o grande São José, aquele homem seráfico?!
Persuadidos desta verdade, aqui na casa mãe, no fim da santa Missa, rezamos durante nove dias as Ladainhas de São José, depois do canto do Salmo Laudate Dominum. Exorto-os a fazer a mesma novena, assim que tiverem recebido a presente Circular. Podem fazê-la no momento do dia que melhor lhes convier.
Para facilitar a vocês o meio de propagar bons livros, compramos uma grande quantidade deles a preços reduzidos.
Uma violenta hemorragia acaba de nos arrebatar repentinamente o bom Irmão Pacôme. Recomendo-lhes que rezem e mandem rezar pelo descanso de sua alma, como prescreve nossa santa Regra.
Tenho a honra de ser o servo muito afeiçoado,
Champagnat
N. D. de lHermitage, 13 de janeiro de 1839.

(P.S. para PÉLUSSIN): Queríamos mandar um substituto do Irmão Zacharie, mas possivelmente esteja este passando melhor. Se isto não tiver acontecido, procurem informar-nos o mais cedo possível, para que enviemos um substituto. Comuniquem, por favor, esta circular aos Irmãos de Chavanay e de Ampuis.

(P.S. para MILLERY): Caro Irmão Antoine, você não pode cantar na Missa nem fazer a função de subdiácono, por causa do perigo de comprometer a saúde. Disponha as coisas de tal modo que o senhor pároco não fique insistindo mais. A ele logo vamos informar a respeito.

(P.S. para PERREU): Queiram comunicar esta Circular aos Irmãos de Charlieu.

1786 visitas