26 de fevereiro de 2016 BRASIL

Apostolado numa Paróquia

Avaliar o trabalho de uma fraternidade, muitas vezes, pode parecer uma tarefa em que a subjetividade prevalece. Afinal, o que podemos definir como uma tarefa realmente necessária para a vivência humana e cristã?

Ao avaliarmos as palavras do mestre: “Onde dois ou mais estiverem reunidos em meu nome, Eu estarei entre vós” nos remetemos às celebrações eucarísticas, onde o empenho de meditar e procurar buscar alimento cristão torna-se uma necessidade básica.

A vivência e convivência marista sempre sublinhou esses aspectos. O próprio Marcelino indicava o encontro com a comunidade, a prática da convivência como instrumento para caminhar na busca do bem, como percebemos em sua Biografia: “Convencido de que, para fazer o bem e levar as pessoas a Deus, é preciso conquistar-lhes a afeição e a estima, quando chegou a Lavalla, o Pe. Champagnat tratou de conquistar a confiança dos seus paroquianos. ”

Esta tem sido uma das atividades da Fraternidade La Valla, em Florianópolis, Província Brasil Centro-Sul. Isso se realiza através do apostolado litúrgico na paróquia Santa Rita de Cassia, no bairro Jardim Atlântico. A missão da animação da missa mensal conta diretamente com o apoio dos Irmãos Maristas da comunidade, próxima à Paróquia, onde a Fraternidade convive.

Todo mês nos reunimos, em um encontro festivo e celebrativo. Após o encontro, todos participam animando os cantos e a liturgia da celebração eucarística da comunidade paroquial.

A vontade e o prazer de celebrar com a comunidade como testemunho dos membros têm superado obstáculos e atraído serviços, como, a catequese, por exemplo. É uma alegria e um dos reflexos do Carisma Marista vividos na Fraternidade. 

ANTERIOR

Ir. João Paulo Aranhaga Vargas...

PRÓXIMO

União Marista do Brasil...