7 de agosto de 2011 CASA GERAL

Buscando caminhos para financiamento da Administração geral

Durante o Capítulo geral se interrogou a respeito de uma maneira prática para financiar os gastos da Administração geral. Para dar uma resposta a esta pergunta, recomendou-se ao Conselho geral de nomear uma equipe de expertos em finanças para elaborar um plano de financiamento da Administração geral.

O Conselho geral nomeou para integrar esta comissão os irmãos Roy Deita, Alberto Oribe, Nicholas Banda, Delcio Afonso Balestrin e Víctor M. Preciado, e os senhores Juan Martín Cebrian e Rex Cambrey.

Esta comissão realizou a sua segunda sessão de trabalho na cidade de Curitiba, no Brasil, de 9 a 12 de março de 2011. Para assessorar e acompanhar o trabalho da comissão durante este encontro, foi convidado o professor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Marco Antonio Barbosa Cândido, que também é superintendente executivo da Associação Paranaense de Cultura, que é a mantenedora da universidade. Com sua presença, sua capacidade profissional e sua dedicação à missão marista resultaram ainda um grande apoio e a assessoria de uma qualificada equipe de funcionários da Associação Paranaense de Cultura: Valdecir Cavalheiro (finanças), Maysa Andreusa Godoy Simões (marketing), Marcos Augusto Hochuli Shmeil (informática).

Seguindo as instruções da primeira recomendação do 21° Capítulo geral, solicitou-se à comissão de estabelecer um plano estável de financiamento, de solidariedade e de fortalecimento da estrutura do capital da Administração geral.

Os objetivos estabelecidos para este encontro foram os seguintes:

·           Elaborar a proposta de um novo modelo de financiamento da Administração geral.

·           Determinar a maneira de transmitir este novo modelo às unidades administrativas.

·           Analisar outros assuntos de assessoria ao Conselho geral.

·           Preparar o programa de trabalho que dê uma resposta à segunda recomendação, ou seja, o financiamento das unidades administrativas. Esta atividade se desenvolverá durante o mês de outubro, no Malavi, África.

O trabalho desenvolvido em Curitiba centralizou-se nos acordos e na avaliação do primeiro encontro, de setembro de 2010, além de estudar o balanço financeiro de 2010 e o orçamento da Administração geral para 2011, analisar financeiramente os balanços de 2008 a 2010 das unidades administrativas e, finalmente, estudar a proposta de um novo modelo, elaborado anteriormente pelo professor Marco A. Barbosa Cândido e o Ir. Victor.

 

As análises financeiras foram feitas e apresentadas por Valdecir Cavalheiro, gerente financeiro da Associação Paranaense de Cultura, na província Brasil Centro Sul. Estas análises gerais e detalhadas, enriquecidas por comentários pertinentes, seriam partilhadas com o Conselho geral e com todas as unidades administrativas.

A proposta de um modelo foi apresentada ao Conselho geral em junho de 2011. O Ir. Victor enviou um comunicado aos provinciais para que iniciem a etapa de apresentação às unidades administrativas, organizada pelos membros da equipe em sua própria região, durante os meses de setembro a dezembro de 2011.

O Conselho geral salienta a grande importância do tema, pela sua novidade e seu conteúdo, como resposta aos apelos do 21° Capítulo geral e principalmente porque será possível concluí-lo e colocá-lo em prática somente com a participação responsável de todos.

Nestes encontros regionais, considera-se fundamental que participem o tesoureiro e parte da equipe de governo de cada unidade administrativa. A preparação dos materiais e as dinâmicas de apresentação têm por objetivo facilitar a compreensão rápida do modelo. Ao mesmo tempo, é oferecida a oportunidade de recolher as colaborações que ajudem a aprimorar o modelo com a participação de todos. A equipe, uma vez incorporadas as colaborações oferecidas, apresentará de novo a proposta ao Conselho geral em janeiro de 2012. Através deste itinerário esperamos que a proposta aprovada possa ser colocada em prática em 2013.

ANTERIOR

Província Mediterrânea...

PRÓXIMO

Empenhei-me no caminho dos Irmãos idosos...