20 de maio de 2020 FRANçA

Celebração do nascimento de Marcelino Champagnat

No dia 20 de maio de 1789 − ano do início da Revolução Francesa − nascia Marcelino José Bento Champagnat. O local é uma casa modesta edificada com pedras, na aldeia do Rosey que atualmente pertence à comuna de Marlhes, à 900 metros de altitude, que se localiza no cantão rural de Saint-Genest Malifaux. O maior centro urbano está à 23 km, Saint-Etienne, fronteira sudeste do Departamento do Loire. Na época, viviam em Marlhes aproximadamente 2.700 habitantes. É uma região pouco fértil, fria, e, quando nasceu Champagnat, havia uma mortalidade infantil elevada (30% de mortes anuais), com significativa mortalidade juvenil. Cerca de 60% da população era formada por agricultores.  É nesse típico cenário rural que encontramos a família de Jean-Baptiste Champagnat, o pai de Marcelino, um pequeno comerciante e lavrador, que chegou a ocupar cargos públicos durante a Revolução. A mãe, Marie-Thérèse Chirat, é dona de casa e cuida dos nove filhos do casal. Depois de Marcelino, nascerá ainda o décimo.

Anos mais tarde, o Padre Marcelino Champagnat recorda sua infância no pedido de reconhecimento do Instituto, encaminhado ao Rei Louis-Philippe. A carta diz assim: 

Nascido no cantão de Saint Genest Malifaux, Departamento do Loire, só consegui aprender a ler com inúmeras dificuldades, por falta de professores competentes. Senti desde então a urgente necessidade de uma instituição que pudesse, com muito menor custo, realizar na região rural o que os Irmãos das Escolas Cristãs realizam nas cidades” (Cartas, n.34).

 

Peregrinação virtual

Celebrar o nascimento do fundador peregrinando até Rosey e Marlhes é um convite para nos reconectarmos com as nossas origens.  Ao contemplar essa terra, suas edificações e seus significados, somos convidados a vislumbrar novos sonhos para os dias atuais, assim como o fez Marcelino Champagnat em seu tempo.

Hoje e nos próximos meses, a Rede de Centros de Memória Marista convida a família marista global para peregrinar aos lugares fundacionais do Instituto. Alguém pode estar perguntando: como isso é possível, se a pandemia impossibilita deslocamentos e viagens? Na verdade, nós viajaremos juntos por meio do projeto Peregrinação Virtual, conectando nossas mentes e corações através da experiência de virtual-tours 360°. A peregrinação pode ser realizada com o uso de smartphones, tablets, VR-glasses ou computadores. Em todos os passeios o peregrino encontrará informações históricas em Inglês, Espanhol, Português e Francês, além de sons ambientais (o Gier, pássaros, sinos…) e belíssimas trilhas musicais.

Na celebração do nascimento de Marcelino, a primeira Peregrinação Virtual será para a aldeia de ROSEY e igreja de MARLHES.

Siga as instruções:

Para participar utilizando smartphones, tablets, VR-glasses: acione e aponte a câmera para o QR Code abaixo. Aceite abrir o link apresentado.

Visita Virtual Rosey
Rosey
QR Marlhes
Marlhes

Participar utilizando computador: clique nos links abaixo. Dependendo do seu navegador web, será necessário habilitar “executar som automaticamente / permitir som”.
* ROSEY – http://q-r.to/bak66P
* IGREJA DE MARLHES – http://l.ead.me/bak665

Esses serviço é oferecido pelo Memorial Marista de Curitiba.

ANTERIOR

Marist Mercy Care distribui alimentos para fa...

PRÓXIMO

Irmão Powell Prieur (Charles Bernard) - 1929...