Declaração pela paz e pelo fim da violência

3 de novembro de 2023

Oração (PDF): English | Español | Français | Português
Oração para as crianças (PDF): English | Español | Français | Português

1. Convite do Ir. Ernesto, Superior Geral

A todos os maristas de Champagnat, irmãos, leigos, crianças e jovens.

Estamos todos cientes das situações de guerra e violência que nosso mundo está vivenciando em muitos lugares. Portanto, convido-os a ter um momento de reflexão e oração sobre esse tópico. Um momento que pode ser repetido toda semana ou sempre que julgarem apropriado, em suas famílias, trabalhos educacionais e comunidades.

Como pessoas, como cristãos, como maristas, é importante estarmos próximos da realidade que nos cerca e sermos solidários, especialmente com aqueles que mais sofrem.

Ir. Ernesto Sánchez, Superior-Geral

2. Declaração

Os Maristas de Champagnat, unindo-se ao Papa Francisco em sua consideração de que “a guerra nunca é uma necessidade, nem é inevitável. Ela é sempre uma derrota para a humanidade”, queremos fazer um apelo urgente:

  1. Pela cessação imediata de todas as formas de violência que estão ocorrendo na Palestina, em Israel, na Ucrânia, no Haiti, na Síria… (acrescente outros lugares ou situações) e em tantos outros lugares do mundo.
  2. Pelo diálogo de todos os atores envolvidos nessas situações de violência, tanto em nível dos  grupos envolvidos e também em nível governamental e internacional.
  3. Pelo diálogo e colaboração entre todos os afetados por esses casos de violência, incluindo tanto os indivíduos e como as entidades governamentais e internacionais.
  4. Responsabilizar aqueles que cometeram e estão cometendo crimes, respeitando o direito internacional.
  5. Unir-se àqueles que promovem a paz e a justiça, mesmo além de nossas fronteiras maristas.
  6. Para lembrar e orar pelas vítimas dos conflitos que assolam nosso mundo.
3. Minuto de silêncio

4. Oração pela paz

Maria, Rainha da Paz, nós a saudamos, nossa Boa Mãe.
Você é a mãe daqueles que sofrem o horror da guerra, dê-nos o dom da paz.
Você é a Virgem, cheia de graça, dê-nos um coração compassivo.
Você é nossa intercessora, amoleça os corações daqueles que promovem a violência.
Você é a filha do Pai, ajude-nos a descobrir que somos todos filhos do mesmo Deus.
Você é a mãe do Filho, nosso irmão, aproxime-nos cada dia mais da fraternidade universal.
Voce é fiel ao Espírito, ensina-nos a confiar a Ele a vida daqueles que sofrem.
Oramos pelas crianças que estão sofrendo com a guerra.
Oramos pelas crianças que sofrem a violência.
Oramos pelos adolescentes e jovens sem horizontes.
Oramos pelos homens e mulheres que querem a paz, e te pedimos
também por aqueles que não têm consciência do significado da guerra,
lhes dê um coração compassivo e misericordioso.
Nós lhe pedimos isso, Rainha da Paz.