22 de setembro de 2022 FRANçA

Destaques da segunda semana da sessão francófona para irmãos idosos

Tendo já entrado na terceira semana da sessão de formação permanente com Irmãos da terceira idade em Notre-Dame de l’Hermitage, na França, avaliamos a experiência dos últimos dez dias. Assim, no final da primeira semana, a Irmã Thérèse Lamontagne nos ajudou a analisar as perspectivas antropológicas dos idosos, para que pudéssemos voltar, em um segundo momento, a refazer “Minha história de vida”: uma tomada de consciência que raramente fizemos, muitas vezes empurrada pelo trem de alta velocidade da vida. Depois, em duas sessões, a Sra. Véronique Gorioux nos imergiu em quatro áreas relacionadas aos aposentados: fragilidade, vulnerabilidade, bom tratamento e benevolência.

Ao mesmo tempo, pudemos também aprofundar nossos laços com os lugares maristas e as origens de nossa família: Rosey e Marlhes, os lugares de origem de nosso Fundador, e Maisonnettes, o lugar de nascimento do Irmão Francisco, um retrato vivo de Marcelino, que nos transmitiu seu espírito. Conhecermo-nos melhor nos permite trocar e compartilhar o que nos alimenta e estarmos conscientes de que, mais uma vez, somos todos membros da mesma família: a chegada de nossos três coirmãos do Congo na última quarta-feira foi um exemplo concreto disso.

____________

Ir. Gilles Hogues


Sessão em língua francesa do curso para irmãos da terceira idade, em Notre-Dame de l’Hermitage: Primeira semana

ANTERIOR

Encontro provincial das fraternidades do MChF...

PRÓXIMO

UMBRASIL: Na educação habita a esperança ...