24 de agosto de 2009 MéXICO

Falam os participantes

De 10 a 31 de julho último realizou-se em Loma Bonita, Guadalajara, no México, o curso sobre o patrimônio espiritual, sob a direção do Ir. Aureliano Brambila, com o propósito de proporcionar um contato com a personalidade do Padre Champagnat, através das fontes que dispomos. Os sete participantes do curso partilham aqui suas impressões:

?Foi agradável, apropriado, firme. No meu caso, ele me permitiu de adquirir conhecimentos, de aprender com os companheiros e de utilizar recursos valiosos para o aprendizado.?

Ele nos dá a oportunidade de colocar à prova nossa intrepidez investigativa, pois contamos com um material mais do que suficiente para ilustrar todos os dados necessários para que a nossa apresentação seja a mais completa possível. Sem contar que nos ajudamos mutuamente com informações oportunas.?

?Muito bom e apropriado, porque nos permite de ter um contato direto com as fontes.?
?A metodologia nos ajuda a entendermos os temas. Ela nos leva a nos expressarmos e a escutarmos de maneira organizada.?

?Considero a metodologia muito adequada para podermos aprofundar e investigar sobre o pensamento, as atitudes e a mentalidade de Marcelino. Mais do que tudo, de poder estudar detalhadamente as diferentes cartas escritas e recebidas por ele, o que nos permite uma visão panorâmica.?

?Tanto a investigação pessoal como as exposições individuais são muito valiosas, por causa de sua seriedade científica.?

?O esforço e o interesse que dedicamos ao investigarmos e expormos os documentos foram reconhecidos pelo organizador do curso e pelo grupo, assim como os esclarecimentos, a precisão e a retificação dos dados e das situações, quando pertinentes.?

?Conheci um pouco mais de sua personalidade, naturalmente, desmitificando posturas e desprezando acréscimos piedosos, porém infundados. Avancei no conhecimento do Padre Champagnat, como homem e filho de seu tempo, impregnado de todas as circunstâncias históricas, sociais, religiosas, incontornáveis para todas as pessoas. Ao mesmo tempo, esta visão fez resplandecer com nova claridade a personalidade do homem de fé, que acima de tudo foi fiel ao Espírito. Ao desmitificar Marcelino, surgiu uma jóia autêntica, que foi paulatinamente se modelando através de sua própria história pessoal. As idas e vindas circunstanciais, as veleidades das pessoas, o puseram à prova, mas sua fidelidade ao Senhor fez com que a sua casa se mantivesse firme, construída sobre a rocha.?

?A chave para uma visão ampla e um discenimento sobre a nossa presença em meio às crianças e os jovens de hoje não podem unicamente se limitar ao aspecto concreto do apostolado de Champagnat, mas devem também recorrer ao mosaico de todas as suas intuições e intenções, que brotavam de seu coração pleno do Espírito e de Maria.?

ANTERIOR

Accra ? 3-8 de agosto de 2009...

PRÓXIMO

Província México Central, 2009-2012...