26 de julho de 2019 EL SALVADOR

Incentivar, promover e acompanhar

Os animadores das fraternidades do Movimento Champagnat da Família Marista de El Salvador participaram, no dia 21 de julho, de uma oficina organizada pela Comissão de Leigos da Província, em Santa Tecla.

O encontro foi em torno dos seguintes temas: os desafios de uma "Igreja em saída", um "novo começo" para o Instituto, o "processo de atualização do Movimento Champagnat" e a "metodologia adequada" para aprofundar o novo projeto de vida em fraternidade.

O seminário destacou a importância do trabalho do animador, sua missão e o serviço de acompanhamento de cada membro da fraternidade.

O encontro permitiu que os participantes vissem com otimismo a proposta do novo Projeto de Vida do MChFM, considerado como uma grande identidade coletiva que convida seus membros a vivê-la e transmiti-la. Esta proposta tem suas raízes no Evangelho e nas intenções de São Marcelino e dos primeiros Irmãos.

Como leigos maristas, o desafio era contribuir para a renovação institucional, continuar a crescer com maturidade leiga, fortalecer a comunhão com o Instituto dos Irmãos, investir mais na formação dos membros das fraternidades e fazer dos mais de 400 membros do Movimento Champagnat o futuro promissor da Província da América Central.

ANTERIOR

Caminhar como família marista...

PRÓXIMO

Província Cruz del Sur...