2 de outubro de 2017 COLôMBIA

Noviciado interprovincial La Valla, Medellín

No dia 29 de setembro, durante o momento de partilha que chamamos ‘Emaus comunitário’, quisemos exprimir nossa fé em um novo começo. As experiências derivadas da partilha e do credo foram os momentos que até agora temos podido viver junto aos irmãos, leigos e leigas maristas do Capítulo Geral, mais concretamente, os gestos que nos tocaram no contato com eles. Obrigado a todos e todas por este dom de ser testemunhas de primeira mão deste histórico acontecimento para o Instituto.

  • Creio em Deus que nos fala no mundo de hoje. Creio que podemos responder-lhe.
  • Creio na vivência da simplicidade como meio para criar a fraternidade que nos une a Deus.
  • Creio que, como maristas, com a ajuda de Maria, podemos construir um mundo mais fraterno.
  • Creio que o Espírito de Jesus se abre passagem e nos abre caminho através de algo tão simples como uma comunidade capitular de irmãos e irmãs em disponibilidade, à escuta e em busca.
  • Creio na comunhão universal como reflexo de Cristo vivo.
  • Creio na cultura do encontro
  • Creio na vocação do irmão e do leigo marista vivida a partir da fraternidade.
  • Creio no amor universal.
  • Creio em Deus Pai, que se revela nos mais necessitados da nossa sociedade e em Jesus, que nos chama a mostrar nossa fé em nossas ações. Creio no Espirito Santo, que nos fala na contemplação e em nossas experiências.
  • Creio que não existem distâncias e nem fronteiras quando nos sentimos IRMÃOS entre os IRMÃOS.
  • Creio que será um tempo de objetivos, de nascer e de nos colocar em caminho com a ajuda do Espírito.
  • Creio no Espírito, como motor que impulsiona este projeto. Vale a pena apostar tudo. Tem sentido ser irmão… ser marista.
  • Creio na presença do Espírito Santo entre nós.
  • Creio que é possível viver o carisma marista no mundo de hoje.
  • Creio no sonho de Marcelino Champagnat. Foi ele que nos sonhou IRMÃOS.
ANTERIOR

Sábado, 30 de setembro de 2017...

PRÓXIMO

Vigário Geral do Instituto...