25 de março de 2022 VATICANO

Encuentro con el Papa Francisco: Olhar além para ensinar a olhar além

Audiência dos participantes da Conferência Geral com o Santo Padre – 24 de março

Mensagem do Papa Francisco:  English | Español | Français | PortuguêsItaliano

Não poderia haver melhor conclusão para uma Conferência Geral cujo lema era “olhar além” do que o encontro com o Papa Francisco, sempre profético e sempre nos convidando a ser uma Igreja de visão, uma Igreja sinodal que avança.

O Irmão Superior-Geral, os membros do Conselho Geral e todos os Provinciais e Superiores de Distrito tiveram a graça de ser recebidos em audiência privada pelo Papa em 24 de março de 2022. Como feliz coincidência, era o dia da festa do santo profeta Óscar Romero. E era a véspera da festa da Anunciação, o dia de encerramento de nossa Conferência Geral. Por todas essas razões, o chamado para ser educadores comprometidos e corajosos, e o rosto mariano da Igreja, foi mais eloquente e desafiador do que nunca.

Às 11 horas da manhã, com expectativa e carinho, aguardamos na sala de audiência do Palácio Apostólico. E o Papa, pontual e paternal, esteve presente no meio de nossa Conferência Geral, para multiplicar nossa comunhão com a Igreja e nosso compromisso com o carisma de São Marcelino, que é um presente para toda a Igreja.

Em nome de todos, o irmão Ernesto dirigiu uma saudação ao Papa, oferecendo-lhe nossa obediência filial e pedindo sua bênção para todos os maristas: irmãos, leigos, estudantes, famílias… E, com proximidade e com profundidade, o Papa nos dirigiu então uma palavra de esperança. Ele nos falou do “horizonte de Deus”, nos convidou a “superar fronteiras, não tanto geográficas, mas de mentalidade”, e nos convidou a sermos “guardiães da Criação” através da educação.

Após a audiência, duas fotos históricas e significativas: a primeira, todos os Superiores Maristas com o Papa; e depois todos os membros da Conferência Geral em frente à estátua de São Marcelino que se encontra fora da Basílica de São Pedro, bem em frente à residência papal.

Com a emoção e o significado de ambas as imagens, apresentam-se vários desafios que emanam desta conferência e deste encontro com Sua Santidade: construir a família marista global com nova coragem; renovar nosso compromisso com a educação para “olhar além e ensinar a olhar além”; tornar-nos um Instituto comprometido com “o grito da terra e o grito dos pobres”; e comprometer-nos com a fraternidade, a solidariedade e o serviço às crianças e jovens necessitados, juntos todos os Maristas de Champagnat.

Nas palavras do Papa, este convite combina fidelidade e abertura: “Não há contradição entre a fidelidade às próprias raízes e a abertura universal. Pelo contrário, segundo o modelo de Cristo Senhor, é precisamente permanecendo fiéis até o fim da aliança de amor com o povo a nós confiado que nosso serviço se torna fecundo para todos, pelo poder da graça de Deus”.

É hora de “olhar além”, como Champagnat, e recriar nossa vida e missão maristas. E, para isso, precisamos de irmãos e leigos a serviço da Família Marista global que, com a coragem do Papa Francisco e com a fé de Maria, ousam viver uma liderança verdadeiramente profética e serviçal. Nas palavras do Papa. “Que vocação, que missão, irmãos, cooperar com Cristo e com o Espírito para acompanhar os jovens nesta aventura”!

_______________
Ir. Óscar Martín, Conselheiro-Geral

ANTERIOR

Refugiados ucranianos na comunidade marista d...

PRÓXIMO

Apresentação de dados estatísticos de Irm...