6 de outubro de 2011 ESPANHA

Programa Horizontes

Desde o dia 4 de agosto de 2011, a Casa Marista de Espiritualidade “Fuentenueva”, em San Lorenzo de El Escorial, reúne um grupo para o programa “Horizontes” – experiência formativa para Irmãos de 35 a 45 anos – convidando os participantes a olhar para frente, a peregrinar, deslocar-se e procurar entrever “uma terá nova”.

Na sessão atual, iniciada no dia 4 de agosto, participam 16 Irmãos de língua espanhola e portuguesa, acompanhados pelos Irmãos Ángel Medina e Joaci Pinheiro: América Central (4), Compostela (1), Cruz del Sur (1), Ibérica (2), México Central (3), Norandina (1), Rio Grande do Sul (2) e Sta. María de los Andes (2). “Horizontes” é programada para nove semanas, centrando-se sobre temas como a história e o conhecimento pessoal, a espiritualidade marista, a vida comunitária, Irmãos hoje, afetividade, dimensão apostólica e o reencontro experiencial com nossas fontes, na peregrinação a L’Hermitage, na primeira semana de outubro.

Nos dias 15 e 16 de setembro, o Irmão Emili refletiu com esse grupo de Irmãos sobre a situação atual de nosso Instituto, os ecos do Capítulo geral e a necessidade de cuidar de nossa espiritualidade, recordando palavras do Irmão Seán: “Não tomamos a sério a tarefa de converter-nos em “mestres espirituais” que podem testemunhar a partir de sua própria experiência de Deus”.

Ao longo das semanas, o curso combinou elementos expositivos e momentos de reflexão pessoal, especialmente nas tardes de sexta-feira, reservadas para uma síntese integradora do trabalho feito durante a semana. Têm grande importância os tempos de oração comunitária e celebrativa, muito bem preparados e com forte carga simbólica, acentuada nas segundas-feiras, quando se apresenta o eixo condutor da semana. Por outra parte, a organização em pequenas “famílias” ou ‘comunidades’ que procuram espaços próprios para partilhar e rezar, conectando com a vivência fraterna que é manifestada na realização de pequenos trabalhos na propriedade, nas quartas-feiras de tarde, ou na celebração de algumas festas e acontecimentos que coloram de bom espírito de família o correr dos dias.

Todos esses elementos, na companhia dos Irmãos participantes, fazem de “Horizontes” uma rica experiência para dar consistência à própria opção de vida, fortalecendo os processos pessoais de crescimento integrador, sempre discernindo o horizonte da “nova terra” intuída pelo XXI Capítulo geral.

ANTERIOR

Manter as crianças protegidas...

PRÓXIMO

A Secretaria geral atualiza os serviços de i...