23 de março de 2022 CASA GERAL

Ucrânia e os Maristas de Champagnat

Oração pela paz
Com adultos: English | Español | Français | Português
Para crianças e jovens: English | Español | Français | Português

“Eu garanto a vocês: todas as vezes que vocês fizeram isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizeram” (Mt 25,40).

Em nome de Deus, peço-vos: interrompei este massacre!” Foi esse o apelo dramático do Papa Francisco feito durante o oração do Angelus, no segundo domingo da Quaresma. Nós, maristas de Champagnat, também queremos nos unir ao grito do Papa e, particularmente, ao grito de milhões de pessoas que sofrem o horror da guerra. Não apenas nos unimos a este grito desesperado, mas também queremos dar passos concretos para estar com nossos irmãos e irmãs que sofrem.

O Papa Francisco, em sua mensagem, após a oração no dia 13 de março, foi claro em sua proposta: “Diante da barbárie da matança de crianças, inocentes e civis indefesos… a única coisa a fazer é por fim à inaceitável agressão armada…”. Sim, juntemo-nos àqueles que clamam pelo fim de toda violência. Juntemo-nos àqueles, cristãos e pessoas de boa vontade, que estão trabalhando para o fim, o mais rápido possível, do drama da guerra, da violência e da insensatez. Juntemo-nos às pessoas e organizações anônimas para ajudar o mais rápida e efetivamente possível. No mundo marista, especialmente na Europa, estamos encontrando respostas proféticas para ajudar. Propostas individuais, de famílias, de centros e de comunidades, que são organizadas por nossas Unidades Administrativas, seja como iniciativa própria, ou aderinto a outras congregações ou instituições.

A convite do Papa Francisco, os refugiados já estão sendo acolhidos. Milhares de crianças, mulheres e pessoas idosas estão deixando o horror da guerra. A resposta marista já está indo ao encontro das necessidades concretas das pessoas que tiveram que fugir: acolhimento nas comunidades maristas, abertura de instalações, campanhas de arrecadação de dinheiro e necessidades básicas, ofertas de colaboração, etc. As cinco Províncias Maristas da Europa já estão respondendo a esta emergência, assim como nossas ONGs: Grécia, Portugal, Bélgica, Romênia, Itália… a lista de presenças maristas que estão se mobilizando está crescendo a cada dia. Irmãos e leigos maristas de Champagnat, não podemos esquecer que “nos refugiados, Cristo está presente” e “O Senhor Jesus vos espera em cada um deles” (Regra de Vida, 32).

Responder com audácia

Hoje continuamos a ser chamados a realizar o quinto apelo do XXII Capítulo Geral: “Responder com audácia às necessidades emergentes”. Somos chamados a fazê-lo pessoalmente e como Instituto e em colaboração com outras instituições eclesiásticas e civis. Somos chamados a ser resolutos na defesa da dignidade daqueles que sofrem. Somos chamados a responder aos apelos das crianças e jovens nas periferias, e talvez não haja maior periferia do que aquela produzida pela guerra. Pois “as crianças pobres são a razão da nossa existência e da nossa criação”. Nossas Constituições também nos lembram deste chamado para responder (52) como Marcelino fez em seu tempo (59).

Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para agradecer a todos os maristas de Champagnat que já se mobilizaram, individualmente ou em grupo. Uma onda de solidariedade está sendo sentida e experimentada em todo o Instituto, como uma família global. Hoje, enquanto se realiza a Conferência Geral, nos sentimos próximos àqueles que sofrem as dolorosas consequências da guerra, tanto na Ucrânia como em outras partes do mundo.

Oração pela paz

O Papa Francisco pede especificamente para todas as comunidades, diocesanas e religiosas, que aumentem “nossos momentos de oração pela paz”. Convidamos você, ao ler estas linhas, a dedicar alguns minutos para rezar pela paz. Convidamos você a promover um momento de oração pela paz, com sua família, com sua comunidade, com seu grupo cristão. Então, aja e reze, reze e colabore!

___________________

Ir. Ángel Diego – Diretor do Secretariado de Solidariedade


Oração pela paz
Com adultos: English | Español | Français | Português
Para crianças e jovens: English | Español | Français | Português

ANTERIOR

Educadores participam de Curso “Evangeliza...

PRÓXIMO

Distrito do Pacífico promove diálogo sobre ...